quarta-feira, 27 de maio de 2009

Fazer amor contigo...


Me deito em teu corpo...

Procuro teu sexo...

Ponho minha boca...

Sugo tua seiva...

Horas e horas de prazer...

Não deixo você sair...

Quero mais...

Quero seu prazer...

Seu gozo em minha boca...

Sentir seu corpo tremer...

Te penetrar com minha boca...

Te deixar gozada...

Quente e receptiva...

Beijo tua boca...

Te penetro com força...

Sinta meu tesão...

Sinta-me te rasgar...

Entrar em seu corpo...

Mostrar meu prazer...

Gozar dentro de ti...

Te beijar...

Te desejar novamente...

Insanamente...

1 comentário:

Plínio Gomes disse...

Fazer amor sem dúvida é esse fogo todo, é perder sentido em ter sentido demais. Lindo meu caro. Lindo.
Abraço perfumado