sábado, 9 de maio de 2009

Seduz-me...




Agarro-me ao teu corpo,

cheio de amor e de tesão

como um animal no cio,

entre esparmo e paixão.

Essa grande volúpia,

que domina meu coração

e entre lágrimas

sorrisos, suores, gemidos e gozos,

transformando instante de emoção

Louco de amor

de desejo e de paixão

embriagado pelos momentos de êxtase,

sendo devorado pela sua sedução.

3 comentários:

*Luna disse...

Que poemas mas sensuales me encantan
un beso desde mi Luna

Princesa disse...

Meu Anjo
acordaste-me
com a boca no meu peito
os mamilos entre os teus lábios
em macias brincadeiras
sorri-te
senti a tua respiração na minha pele
as tuas mãos que afagavam o meu corpo
a tua língua que percorria o meu ventre
gemi
ao sentir os teus dedos entre as minhas pernas
e, depois, os teus lábios e a tua língua
a devorarem-me lentamente
a provarem a seiva que escorre do meu corpo
Princesa

Tétis disse...

Anjo,

Estes teus poemas são, na verdade, uma embriaguez para o corpo e o coração.

Beijos